Provisoriamente, permanecem válidas para o TRF6 as certidões emitidas pelo TRF1, refletindo a situação do dia 04/09/2022.
Botão voltar