Juízes federais são removidos para varas da Subseção Judiciária de Belo Horizonte

Na tarde do dia 16 de janeiro, cinco juízes federais removidos assinaram termo de exercício na presença da Presidente do TRF6, desembargadora federal Mônica Sifuentes, do Vice-Presidente e Corregedor Regional, desembargador federal Vallisney Oliveira, e do Diretor do Foro da Seção Judiciária de Minas Gerais, juiz federal Antônio Nascimento.

A solenidade começou com a leitura dos termos de exercício, os quais foram assinados junto à mesa de honra. Os desembargadores federais Grégore Moura, André Prado e Lincoln Rodrigues prestigiaram a cerimônia, que ainda contou com a presença do juiz federal Ivanir Ireno Júnior, Secretário-Geral do TRF6, e dos juízes auxiliares Gláucio Maciel e Alexandre Infante.

Em breves palavras, o Vice-Presidente do TRF6 afirmou que a Corregedoria Regional estava à disposição dos novos magistrados. Já a Presidente da corte mineira ressaltou a importância do simbolismo de eventos como aquele. “Chegar a Belo Horizonte, à capital, marca, na vida do juiz, uma importante fase na nossa carreira, porque significa, não que nós adquirimos a emancipação ou a maioridade na magistratura, mas que nós chegamos a um momento da nossa vida profissional em que um desafio muito maior é colocado à nossa frente.”

Os magistrados que entraram em exercício na subseção judiciária da capital foram: juíza federal Adriane Trindade (da atual 2a Vara de Execução Fiscal e Extrajudicial) assumiu a atual 1a Vara Cível; juíza federal Cristiane Botelho (atual juíza federal em auxílio ao TRF6 e responsável até então pela 3a Vara de Execução Fiscal e Extrajudicial) assumiu a atual 7a Vara Cível; juíza federal Geneviève Orsi (da 2a Relatoria da Turma Recursal da Subseção Judiciária de Uberlândia) assumiu a atual 8a Vara Cível; juiz federal Gustavo Mazzilli (da 2a Vara Federal da Subseção Judiciária de Pouso Alegre) assumiu a atual 5a Vara de Execução Fiscal e Extrajudicial; juiz federal Daniel Ramos (da Vara Única da Subseção Judiciária de Lavras) assumiu a atual 2a Vara de Execução Fiscal e Extrajudicial.

Botão voltar