Sessão plenária escolhe integrantes de órgãos do TRF6

No dia 27 de outubro, foi realizada mais uma sessão plenária do Tribunal Regional Federal da 6ª Região, presidida pela Desembargadora Mônica Sifuentes, com a presença dos dezoito desembargadores federais componentes da Corte, e do Procurador-Chefe da Procuradoria Regional da República da 1ª Região, José Robalinho Cavalcanti.

Durante a sessão, foram escolhidos, por eleição, os integrantes de diversos órgãos do TRF6. Para a Coordenadoria-Geral de Projetos, que temporariamente vai acumular as coordenadorias adjuntas dos juizados especiais federais, cooperação judiciária e solução adequada de controvérsias e demandas estruturais e projetos especiais, foram eleitos a desembargadora federal Simone dos Santos Lemos Fernandes, como Coordenadora-Geral de Projetos, e o desembargador federal André Prado de Vasconcelos, como Vice Coordenador-Geral de Projetos.

Em seguida, foi instalado o Conselho de Administração, integrado por sete membros, com a seguinte composição: desembargadores federais Mônica Sifuentes (presidente), Vallisney de Souza Oliveira (vice-presidente e corregedor regional), Miguel Ângelo de Alvarenga Lopes (antiguidade), Ricardo Machado Rabelo (antiguidade), Simone Dos Santos Lemos Fernandes (coordenadora-geral de projetos), Luciana Pinheiro Costa (eleição) e Derivaldo de Figueiredo Bezerra Filho (eleição).

Para a Escola da Magistratura do TRF6, foram eleitos os desembargadores federais Grégore Moreira Moura e Pedro Felipe de Oliveira Santos, como Diretor e Diretor Substituto, respectivamente. Para a Ouvidoria foram eleitos os desembargadores federais Marcelo Dolzany da Costa (Ouvidor) e Flávio Boson Gambogi (Ouvidor Substituto).

Finalizando as escolhas, foi constituída a Comissão de Regimento, tendo o Plenário decidido pela eleição dos desembargadores Federais Edilson Vitorelli (Presidente), Simone dos Santos Lemos Fernandes (membro titular), Derivaldo de Figueiredo Bezerra Filho (membro titular) e Álvaro Ricardo de Souza Cruz (membro suplente).

O plenário também deliberou sobre o referendo à Resolução nº 9/2022, que reestrutura as unidades jurisdicionais da Seção Judiciária de Minas Gerais localizadas na Subseção Judiciária de Belo Horizonte. Após o voto da relatora, desembargadora federal Mônica Sifuentes, da divergência parcial aberta pela desembargadora federal Simone dos Santos Lemos Fernandes, e dos votos dos demais integrantes da Corte, o desembargador federal Evandro Reimão dos Reis pediu vistas dos autos.

No encerramento da sessão, o Procurador Regional José Robalinho Cavalcanti elogiou a Presidência e a Corregedoria, bem como todos os desembargadores federais, pelo bom andamento dos trabalhos no TRF6.

Botão voltar